segunda-feira, 29 de junho de 2015

Resenha do livro: Rainha de Copas

 

Hey o/ Hoje estou aqui para falar sobre o livro Rainha de Copas. A história se passa nos País das Maravilhas - porém uma releitura dele. Gira em torno de Dinah a princesa de copas. 
LançamentoO livro começa com uma revelação bombástica. O rei tem uma filha bastarda! E ela será aceita na corte como filha legitima. Seu nome é Vittiore, uma garota meiga e linda tão linda que faz com que Dinah se sinta um lixo além de desastrada. 
Sua mãe morreu quando tinha dez anos e a relação de com seu pai é péssima. Ele a humilha constantemente e por isso ela fica ainda com mais raiva quando ele dá tanto amor a Duquesa (Vittiore). É muito agoniante ver essa relação áspera. confesso que fiquei com muita dó dela. O conselheiro do rei é uma releitura do gato Cheshire ( ela o odeia).
As unicas pessoas que ela considera boas em sua vida são:
*Emily e Harris seus servos. Harris é uma releitura do coelho com o relógio. Vive preocupado com as horas. 
*Charles, seu irmão, também chamado Chapeleiro maluco. Sempre foi insano, mas depois da morte de sua mãe piorou. Fica em seu quarto fazendo chapéus que são sempre incríveis. Fala por meio de enigmas e seus olhos são de cores diferentes ( azul e verde). Seu desfecho foi inesperado. 
* Wardley. Seu melhor amigo e amor de sua vida. Tantos momentos fofos e quentes nesse romance apesar dos momentos difíceis. 
Em uma determinada noite Dinah encontra um vidrinho em seu prato no meio da comida. Dentro do vidrinho tem um papel com um nome ´´Faina Baker´´ isso mesclado com outros acontecimentos faz com que ela embarque em uma aventura ao lado de Wardley com o propósito de obter respostas. Passando por situações difíceis e perigosas. O que ela não sabe é que corre grande risco de morte. Com sua coroação chegando tudo pode virar de cabeça pra baixo. Provando assim que na luta por poder vale tudo. 
O livro conta com quatorze capítulos e que de um para o outro as vezes se passam meses e até anos. Ainda assim a história segue com sua perfeita ordem cronológica. O que eu achei fofo é que em cada capítulo vem um coração ao lado do número. 

Nessa releitura o país das maravilhas se torna um pouco mais realista sem perder sua essência. O jogo de críquete por exemplo nessa versão o jogo tem todo um contexto histórico e cultural para ocorrer. O flamingo ( bastão) e o porco espinho ( bola) não são animais de verdade são feitos de madeira.  Quanto ao exercito existiam quatro divisões dos homens chamados de  ´´cartas´´ cada qual com sua função no reino:
 ´´ Carta de copas: Homens lindos e habilidosos uniformizados de vermelho e branco, que protegiam a família real e o palácio. Carta de Paus, vestidos de cinza, eram encarregados da administração da justiça...Cartas de ouro, vestindo capas roxas vibrantes, protegiam e administravam o tesouro... Os espadas (... ) vestidos de preto, eram homens duros obscuros com um passado perigoso´´ 


Devo avisar que esse livro não é tão infantil. Há nele sangue. Insinuações de estupro e de sexo. Claro que tudo bem sútil, contudo é bom informar. Bom pessoal basicamente é isso. Eu super amei o livro apesar de que imagino que seja uma série, pois no final praticamente nada foi resolvido e se houver continuação irei amar prosseguir. Nessa resenha tentei não me aprofundar tanto, pois o divertido é ir desvendando o mistério junto com a personagem. Super recomendo!


 Espero que vocês tenham gostado. Bjos o/




sábado, 27 de junho de 2015

Resenha Livro: Amanhecer


Em uma sociedade onde temos divisão entre gostar ou não de crepúsculo, alguns conseguem viver em um meio termo. Eu não, pois definidamente eu fico com o lado que gosta. Demorei para concluir a leitura da saga mas consegui. Amanhecer foi o primeiro livro de verdade que eu comprei com o propósito de ler mesmo.
Resultado de imagem para amanhecer livro   Não consigo não gostar. Antes de começar a resenha gostaria de contar como foi terminar de ler Crepúsculo, o primeiro livro. Confesso que sou um pouco teatral e até um pouco louco para algumas coisas mas esses detalhes me marcam. Deixei para ler a ultima pagina do livro, durante o final da tarde ( crepúsculo) comendo uma maçã (capa do livro) e ouvindo a última música do filme. Foi épico. Bom agora vamos a resenha.
Eclipse acaba com a Bella aceitando o pedido de casamento de Edward.
 O livro é dividido em três partes, sendo a primeira focada no casamento. Os preparativos, a cerimonia e a lua de mel. Ainda na primeira parte as coisas fogem do controle quando Bella descobre que está gravida, coisa que eles julgavam impossível de acontecer. A partir dai temos o drama de uma gestação não programada e ainda por cima que consome o corpo da jovem de dentro para fora a deixando extremamente fraca e acabada.
A segunda parte é narrada pelo Jacob. Eu particularmente não gostava dos lobos... Mas depois de ler esse período comecei a gostar. Temos muitos conflitos e muitas respostas em cima de amarguras do passado. Jacob se torna um alfa e é seguido por Seth e Leah, no incio tem rixa com os vampiros, mas depois acabam se aliando. A segunda parte termina com o nascimento de Renesmee e a morte de Bella.

         A terceira parte volta para a narração da Bella começa com a sua transição de humana para vampira. É agoniante. Temos então a exploração dela como vampira, as novas descobertas. Novos dramas agora que não pode mais ter contato com o pai nem com os antigos amigos.
Vemos a pequena Renesmee crescer muito rápido, já que ela é hibrida de vampiro com humano e depois de um mal entendido os Vulturi resolvem intervir e investigar de perto a criatura misteriosa. Começam a reunir um exercito enorme, pois são do tipo que atacam primeiro e depois perguntam depois.
Com o propósito de se defender os Cullen passam a reunir testemunhas para fazer com que ao menos tenham tempo de explicar a situação.
No decorrer vemos novos personagens aparecendo. O desfecho foi muito bonito. Uma diferença gritante é a guerra que tem no filme... por ter sido apenas uma visão a Bella não teve acesso e por isso não é descrito no livro. Fiquei emocionado ao terminar o livro. Como disse anteriormente sou meio teatral e tinha que terminar de forma épica. O sol estava surgindo. Eu sentei na varanda de casa. O ar gélido preenchia o ambiente.. então eu coloquei a música tema do filme no fone de ouvido e terminei as ultimas páginas. Foi perfeito.
Sobre o livro:
Eu particularmente amei.... É o meu favorito da saga. pretendo reler um dia. Bom é isso pessoal..... essa resenha estava estacionada aqui nos rascunhos... espero que tenha ficado boa :)

Dedico as minhas amigas: Camila Freitas e Lisany. 

 Até breve o/



sexta-feira, 26 de junho de 2015

Livros comprados/ganhados esse semestre

Hey.. hoje trago os livros que comprei ou ganhei esse semestre. Se não me engano foram ao todo 17 livros. Não comentarei todos! Apenas os mais relevantes. 


Que tal esta noite: Ganhei de presente dia dos namorados! Porque eu havia dito que a a imagem da capa me remetia a Blair Waldorf <3 
Garoto encontra Garoto: Ganhei do meu melhor amigo porque ele tinha me prometido um livro caso passasse na federal... e ele passou hahahaha. 

Drácula veste Dior: Ganhei no dia do TCC no qual eu interpletava o Drácula ( falarei sobre isso no blog ainda). Quem me deu foi meu amor :3 
A moda: Esse livro custou R$ 05,00  e marcou meus primeiros dias na faculdade.  

Ninho de Fogo: Ganhei de presente de um colega estou super ansioso para ler!!!! 
Graham- O Continente Lemúria: É um livro brasileiro sobrenatural com temática homossexual. Veio autografado pelo autor e com um marcador!
A Breve segunda vida de Bree Tanner: Um verdadeiro achado por R$ 02,50. 
O Limiar: Presente do dia dos namorados :3 

 O mistério de Styles e O caso do hotel Bertram: Livro duplo presente de um mês de namoro! ( 24/06).
Marley e Eu: Outro achado por R$ 02,50. 
Uma outra história de amor: Um romance homossexual espirita. Brasileiro. Foi recomendado pela vendedora de uma loja. 


Rainha de Copas: O ultimo livro comprado por apenas R$ 15,00!!! ( custa 30.. mas era o ultimo com a etiqueta da promoção hehehhe) Ele está com uma dedicatória muito fofa, pois eu estava acompanhado no dia e ambos compramos e então houve troca de dedicatórias para sempre lembramos do dia.  Em breve resenha dele aqui no blog!

Resenha filme: My scenes estrelas de Hollywood.




Sim gente estou aqui fazendo a resenha de um filme da Barbie, mas tenho um bom motivo. Esse tem uma pegada dos típicos filmes americanos joviais e me marcou quando eu estava na 2º série. 

Bom vamos começar... a história se passa em Nova York com um grupo de amigas. Da esquerda pra direita temos Nolee um garota zen. Madison uma garota mais certinha. Barbie a líder do grupo.. mais descolada se preocupa com os amigos sempre. Chelsea é a estilista do grupo ( minha primeira influencia como designer) e Delancey uma jovem mais esportiva que está sempre comendo muitos doces. 
Numa típica manhã de NY as garotas descobrem que um filme está sendo gravado  onde elas se encontram toda manhã. Empolgadas com a ideias elas vão observar de perto e assim sendo confundidas com figurantes e isso se torna fixo. A partir daquele momento elas fazem parte do filme. 
Após um acidente Uma das atrizes principais deixa o filme o que leva o diretor a buscar dentre as figurantes uma nova estrela e encontra o que busca em Madison. 
Madison vira uma atriz famosa. No inicio continua sendo aquela garota pé no chão e sendo quem era antes, mas depois de um tempinho percebe sua mudança de vida onde sai com os outros atores famosos - como a Lindsey Lohan que é a estrela convidada do filme. Madison passa a ignorar as amigas e abraçar a nova vida. 





O filme é super divertido. As garotas se divertem nos bastidores. Delancey se acaba no serviço de buffe e elas passam um tempinho no trailer de figurino provando todo o tipo de roupa. 
A trilha sonora é muito boa -- ao menos para mim. Eu amo essa temática com um grupo de amigas, principalmente quando temos várias personalidades diferentes e de alguma forma faz com sejam melhores amigas. 
O gráfico não é tão bonito, mas adorável quando se está assistindo, pois para mim é nostálgico. As dublagens são lindas. Ain eu amo esse filme! Assistam! Está diponivel no youtube ele completo e dublado!



Uma coisa que acho engraçado no filme é o fato da Chelsea sempre pegar algo relacionada a limpeza como: Garota do Suor ou Garota do estrume. ahhahahaha tadinha da minha estilista <3 Lembro que no ensino fundamental uma amiga minha era apaixoanda pelo filme. Lembro quando fui na locadora locar o DVD. A alegria que eu tive quando cheguei na escola para contar que havia assistido o filme. Não tem preço.  Então gente... peguem leve, pois foi um filme importante pra mim. 




Espero que tenham gostado! Até breve. o/

Resenha livro: Inacreditáveis





Heeeeeey podem comemorar porque hoje trago a resenha do último livro da primeira temporada de PLL


Esse é o quarto livro da série veja o anterior e entenda o motivo de ser o último da primeira temporada clicando aqui 

Bom pessoal essa será uma resenha um pouco diferente das anteriores por questão de praticidade eu reli esse livro a mais de 6 meses e por isso não tenho toooodos os detalhes na cabeça, mas não se preocupe a resenha vai conter os principais fatos. 


Bom recapitulando até agora. As garotas começaram a receber mensagens anonimas ameaçando a contar os piores segredos que só uma pessoa sabia. A garota cujo o corpo fora encontrado enterrado no quintal de casa. Emily desafiou -A e agora está tendo que conviver com seus tios rústicos em uma fazenda num interior. Uma vida severa e cheia de regras. 

Aria continua sem rumo depois que foi expulsa de casa por sua mãe ( ela sabia da que o pai a estava traído e não contou nada). Aria foi expulsa da casa do namorado- ou melhor ex-namorado Sean, pois ele a flagrou tendo um caso com seu professor e denunciou para a policia - foi uma cena  e tanto eheheheh. 

Spencer começou a cogitar a ideia de que talvez esteja envolvida na morte Alison. E depois do que aconteceu outras pessoas podem tirar essa conclusão.  Hanna depois de passar por uma grande humilhação no aniversário de Mona acaba descobrindo que é -A, mas infelizmente sofre um acidente antes de contar para as outras o que tinha descobrido.  

 

Inacreditáveis:

O livro começa trazendo um drama familiar da Alison pouco antes dela desaparecer. Ela estava estranha naquela época como se escondesse algo... bom, mas não me recordo muito dessa parte. vamos para os individuais.



Aria:  Para ela só restou uma alternativa ir morar com o pai e a madrasta... a mulher que separou seus pais. Aria também passa a questionar um pouco mais sobre Spencer ser A, pois ela estava agindo estranho.. e fora vista perto de onde Hanna havia sido atropelada. Ela também vai ter momentos com a Jenna - a garota que elas deixaram cega! E isso trará atona segredos muito importantes.

Emily:  A vida no campo não é fácil, principalmente quando se é a ovelha colorida da família. Ela está passando por uma fase muito difícil da sua vida, mas muito importante para sua história. Apesar de um rotina puxada Emily descobre que seus primos sabem como se divertir, mas não são tão amigáveis quanto pareciam, pois na primeira oportunidade deixaram ela em maus lençóis. Um novo interesse amoroso surge. Trista uma garota que mora na região... mas o que é bom no momento ocasiona sérias consequências no futuro. Uma coisa que gostei nos capítulos dela é que algumas mensagens de A vieram representadas pela pequena seria - por ser ruiva e viver nadando como ela. Para quem não sabe  eu amo a Ariel e a Emily é ruiva nos livros.


Spencer: Ela caiu nas graças dos pais agora que está perto de ganhar o orquídea dourada - um famoso premio acadêmico. Sua relação com a irmã vai de mal a pior, pois o trabalho que vai receber o prêmio pertencia a Melissa, mas sua vida pode virar de cabeça pra baixo a qualquer momento.

Hanna: Ao se recuperar do acidente ela acabou perdendo a memoria dos últimos acontecimentos. Mona se aproveita da situação para tentar se aproximar da amiga novamente.. já que ela não vai se lembrar que foi humilhada publicamente de uma maneira horrível. Lucas, o nerd que a apoiou mesmo quando ela foi uma vadia, tenta a fazer lembrar do que havia acontecido... eles tinham se beijado. Eles estavam próximos... o que pode ser em vão.. agora que ela está conseguindo a vida normal de volta.

As garotas querem que Hanna se lembre quem está mandando as mensagens e isso gera um atrito numa relação que não estava tão firme. Hanna ainda não gosta de Aria por ter ficado com Sean, mas aos poucos elas percebem que precisam se unir. Antes de concluir quero dizer que nesse livro descobrimos quem é A!!! Finalmente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Esse livro é bem envolvente.... o circulo vai se fechando o final é realmente inacreditável. hhaahaah trocadilho. Enfim... é isso pessoal. Espero que tenham gostado. peço perdão pelo que deixei vago :( mas tão cedo não irei reler.. a fila está muito grande. Bjos. até breve o/




Resenhas Monster High – Scaris, A Cidade Sem Luz



Acho que não é segredo que gosto de Monster High. Lembro me até hoje de marcar a data do lançamento do primeiro filme.. claro que me decepcionei do desenho para o filme mudou um pouquinho, mas deixei passar. Agora já com muitos filmes lançados.. tenho uma variedade de escolhas e após terminar um comecei esse simplesmente me apaixonei... sabe o motivo? Eu digo. Envolve moda! 


Bom tudo começas nos corredores da Escola monstruosa. Clawdeen organiza um desfile de moda com suas criações. Um vídeo é gravado e logo jogado na internet. Envergonhada ela pede que tirem do ar, mas não a tempo de uma estilista famosa assistir e logo entrar em contato com a diretora oferecendo uma vaga de estágio + estudo para a brilhante aluna as amigas todas empolgadas convencem a diretora e acabam conseguindo permissão para embarcar em uma aventura rumo a Scaris. E então a história se divide em vários núcleos com sub histórias, vamos primeiro falar do destino de Clawdeen. 


Clawdeen. chegando na mansão da madame Ghostier. Um mulher muito elegante que me lembrou muito a Ursula da pequena sereia, porém magra. A lobisomem não está sozinha nessa... outras duas monstrianhas também estão presentes para o estágio. Uma doce e meiga chamada Skelita Calaveras filha de ´´ los eskelitos´´ deve ser por isso que possui um sotaque espanhol. Temos também Jinafire filha do Dragão Chines. 

Ao contrário de Skelita, Jinafire foi completamente ríspida tratando Clawdeen como um concorrente e apenas isso. No decorrer do filme elas percebem que a Madame quer que elas percam sua identidade com relação a criação e passe a seguir o padrão dela - Parte de um plano, pois a melhor estagiaria será trancada e forçada a criar coleções para a marca sem receber nenhum credito. 




Enquanto isso pela cidade.. as garotas embarcam numa aventura revezando entre comprar e procurar o antigo namorado de Rochelle Goyle uma francesa super fofa que a muito parou de receber cartas de seu amado. Um artista da mesma especie que ela. Nessa busca os núcleos acabam se encontrando. 


Em um determinado momento a scooter ( moto) da minha querida Ghoulia Yelps acaba quebrando.. sem condições de pagar o concerto ela parte para trabalhos artísticos pela cidade contando com o dinheiro de pessoas que se agradam com suas apresentações. Outro núcleo que temos na história é o dos namorados das monstrinhas que não se aguentam de  ciumes e acabam indo pra cidade também. 

Bom gente basicamente é isso. Apesar de ser um filme para crianças eu super recomendo, não só esse como os outros delas. O desfecho é bem interessante e conta com uma história bônus no final. Eu amei a temática. A abordagem.... as personagens novas especialmente a Skelita que é muito fofa!


Espero que vocês tenham gostado. Até breve o/ 


Resenha: Série Reign 1º e 2º temporada




 Hey. Hoje trago mais uma resenha de série que eliminei da lista. Trata-se de Reign. A série já possui  duas temporadas lançadas e corre o riso de ser cancelada na terceira. Antes de começar a falar sobre gostaria de mandar uma agradecimento formal à Camila Freitas que me indicou o seriado, Obrigado Camila!




Bom. Para você que assim como dormiu nas aulas de história. Se eu disser que trata-se da história francesa pode ser que tu dê um passo pra trás, mas vamos com calma. A série é maravilhosa. completamente envolvente e contém tudo: Fantasia. História, romance; drama.; comédia; segredos e armações além de intrigas. 


Antes de começar a assistir eu havia visto um vídeo no qual dizia que Reign era nada mais que uma mistura de Gossip Girl, Game of Thrones e Pretty Little liars - dá pra imaginar a minha reação diante disso né?

A trama gira em torno de Mary herdeira do trono escocês que estava escondida em um convento. Após uma tentativa de assassinato eles decidem que está na hora dela ir para a corte francesa e seguir com seu destino que é casar-se com Francis herdeiro do trono francês e assim fortalecer a aliança entre os dois países.  


 Mary conta com o apoio de suas amigas de infâncias que agora serão suas damas de companhia, Kenna, Greer, Lola e Aylee, mas cuidado ao se apegar! Uma delas morre logo de inicio. Eu particularmente adoro as cenas em que as garotas estão juntas. Acho tão luxoso e tão inspirador.  Cada uma desenvolve uma história diferente. Kenna se envolve com o atual rei Henry ( que ja possui uma amante oficial- era permitido na época, mas a rainha não tinha esse direto).
Greer sofre ao se apaixonar pelo cozinheiro. Era meu casal favorito no inicio, porém a trama complica tudo. Ela sofre muita pressão da família para se casar com um homem rico e isso pesa muito na hora em que aparecem novos pretendentes. É muito legal esse núcleo da série e o desfecho dela na segunda temporada é surpreendente.
Quanto a Lola ( atriz que fez Narnia). Seu rumo acaba afetando Mary diretamente. Imagine se sua amiga engravida de seu marido! Esse é outro assunto importante. A frança espera ansiosa por um herdeiro o que dificulta ainda mais a situação, pois Mary tem problemas nesse departamento.

O rei Henry possui um filho bastardo - Bash - filho de sua amante oficial . O rei começa a se envolver com Kenna que quer assumir o lugar da amante oficial e isso pode gerar alguns conflitos. Ao longo da trama ele começa a ficar louco e fazer coisas inacreditáveis e absurdas levando ao seu desfecho.
Catherine é a rainha. Mãe de Francis. Não fica mais no mesmo quarto que o rei. Faz de tudo pelo filho e para si mesma, capaz até de matar. E quando seu fiel e vidente amigo, Nostradamus lhe conta que a união da Mary com Francis resultará na morte de seu filho, a rainha não vai desistir enquanto não impedir que isso aconteça.
 O castelo é cheio de passagens secretas. corredores que levam a outros cômodos. Tem até uns episódios bem legais que são filmados lá dentro, mas enfim. Nesses corredores vaga uma criatura, um fantasma o que na verdade é apenas uma garota deformada, Clarissa. Sua história é bem interessante e sua participação na série traz um ar misterioso. Por vezes Clarissa ajuda a Mary contra as armações da rainha. Gosto muito dela mesmo não tendo um foco muito grande.

Por falar em mistério temos Bash e o núcleo sobrenatural da série. Ele é o tipo de cara que coloca as necessidades dos outros à sua frente. Sendo o filho favorito do rei é de se esperar que tenha atritos com a rainha. Sua parte gira em torno de investigações e uma luta contante contra criaturas pagãs e isso pode lhe custar caro, pois elas começam a vira atrás dele.
Bash foi muito bem receptivo com Mary e diante disso um quase romance surge, bom na verdade um romance com direito a triangulo amoroso e o rei até decide legitimar o filho para que ele se case e assuma o trono, mas sabemos como Bash não se interessa por esses assuntos reais.


Falemos agora de Mary. Quando ela chega na França é apenas uma garota jovem e sonhadora que vai ficando forte e amadurecendo a cada episódio. Ela não é recebida muito bem pelo Francis o que em momentos me fez o chamar de mimado e nessas circunstancias ela passa a desenvolver sentimentos pelo irmão bastardo nessa brincadeira  de desencontro Francis por um instante desistindo desse amor acaba indo pra cama com Lola uma única vez e assim gerando um filho.
Mary volta com Francis e é quando Lola abre o jogo contando sobre a gravidez. De inicio Mary não aceita bem e pede para que mantenham em segredo. As duas partem e busca de um casamento rápido para que o cara assuma a criança.
Apesar das complicações o romance entre Francis e Mary é muito fofo. Cheio de momentos memoráveis, porém não é um romance fácil. Muitos atentados de morte. Armações colorem essa relação.



Atenção! A próxima parte contém spoilers sobre o desfecho da primeira temporada!






No decorrer da primeira temporada o rei Henry acaba se tornando um perigo para todos e isso leva ao Francis acabar o mantando seu próprio pai e isso para a segunda temporada gera um certo conflito uma vez que ele tenta manter o segredo. O fantasma do rei agora o perturba e se não bastasse isso agora Francis passa a ser chantageado  por alguém que sabe de mais. 

Mary sente-se cada vez mais pressionada quanta a gravidez agora que foi corada a rainha. Seu marido está cada vez mais estranho e ausente. Longe de ser quem era no incio. Fazendo escolhas injustas para a França. Essa temporada se resume em guerra religiosa. Católicos vs Protestantes. E o que aconteceria se nossa rainha Mary acabasse se envolvendo amorosamente com um protestante chamado Condé?

Greer Casada com um homem rico porem com um segredo. É um protestante. Que se evolve com incidentes que pode se dizer que destruiu a vida de Mary ao menos seu psicológico.

Essa temporada foi destruindo muitas idealizações da primeira temporada. Novos casais. Consequências de atos passados e escolhas novas que mudam o rumo da história.

Além da guerra religiosa temos um jogo com os tronos. Elizabeth assumiu o trono da Inglaterra e quer conquistar a França e fará de tudo para conseguir... mesmo estando longe.








Lady Lola uma mãe solteira agora vive no castelo com seu filho. Sua amizade com Mary fica um pouco abalada, mas aos poucos tudo volta ao normal e outros desafios surgem e elas precisaram se unir. Lola também passa a ter envolvimentos amorosos com Lorde Narcisse.. mal sabe que ele é a pessoa por trás da chantagem com o pai de seu filho.



Nessa temporada temos também a aparição de um praga que vai agitar muito os corredores do castelo e o que também vai agitar é nova hóspede Princesa Claude filha de Catherine trazendo com ela fatos do passado que levaram a essa rejeição da mãe com a filha. Mergulharemos no passado de Catherine. Um segredo de vida e morte. Claude é uma garota egocêntrica e mimada que a muito já teve um caso com Bash seu irmão de consideração. Tem uma vida bem inconsequente, mas faz o que faz para chamar atenção. Uma vez que sua mãe sempre dá um jeito de mantê-la distante do reino O que ela não sabe é que existe um motivo muito forte para tal atitude.
Sem mais opções Catherine resolve casar a filha e assim a manter bem longe dali.



.Dentre tantas tragédias uma das coisas boas é um certo casal... o meu favorito diga-se de passagem... Kennash ( Kenna + Bash). Depois de uma união forçada pelo rei louco.. eles acabam descobrindo um amor e por fim se apaixonam, porém Kenna é uma jovem ambiciosa diferente de seu marido. Que aliás coloca as necessidades dos outros a sua frente... Bash continua com seu núcleo sobrenatural e muitas vezes coloca isso na frente de sua esposa. Apesar disso o casal possui muitos momentos especiais.. fofos e quente.. digno de um romance admirável.








Bom gente.. basicamente isso.. o desfecho da segunda temporada é incrível... uma virada de jogo completa. Eu amei a série e ela será indicada no EMB´s Choice Awards desse ano! Foi minha primeira série do ano Indiquei ela para amigas e foi super bem aceita. Deixo a dica para quem se interessar!

Uma curiosidade:  Essa resenha levou vários dias para ser concluída por ser tão extensa!


A 3º temporada já foi confirmada... bom gente é isso!Esperam que tenham gostado. Bjos. Até breve o/



PS: Abertura maravilhosa: