sexta-feira, 26 de junho de 2015

Resenhas Monster High – Scaris, A Cidade Sem Luz



Acho que não é segredo que gosto de Monster High. Lembro me até hoje de marcar a data do lançamento do primeiro filme.. claro que me decepcionei do desenho para o filme mudou um pouquinho, mas deixei passar. Agora já com muitos filmes lançados.. tenho uma variedade de escolhas e após terminar um comecei esse simplesmente me apaixonei... sabe o motivo? Eu digo. Envolve moda! 


Bom tudo começas nos corredores da Escola monstruosa. Clawdeen organiza um desfile de moda com suas criações. Um vídeo é gravado e logo jogado na internet. Envergonhada ela pede que tirem do ar, mas não a tempo de uma estilista famosa assistir e logo entrar em contato com a diretora oferecendo uma vaga de estágio + estudo para a brilhante aluna as amigas todas empolgadas convencem a diretora e acabam conseguindo permissão para embarcar em uma aventura rumo a Scaris. E então a história se divide em vários núcleos com sub histórias, vamos primeiro falar do destino de Clawdeen. 


Clawdeen. chegando na mansão da madame Ghostier. Um mulher muito elegante que me lembrou muito a Ursula da pequena sereia, porém magra. A lobisomem não está sozinha nessa... outras duas monstrianhas também estão presentes para o estágio. Uma doce e meiga chamada Skelita Calaveras filha de ´´ los eskelitos´´ deve ser por isso que possui um sotaque espanhol. Temos também Jinafire filha do Dragão Chines. 

Ao contrário de Skelita, Jinafire foi completamente ríspida tratando Clawdeen como um concorrente e apenas isso. No decorrer do filme elas percebem que a Madame quer que elas percam sua identidade com relação a criação e passe a seguir o padrão dela - Parte de um plano, pois a melhor estagiaria será trancada e forçada a criar coleções para a marca sem receber nenhum credito. 




Enquanto isso pela cidade.. as garotas embarcam numa aventura revezando entre comprar e procurar o antigo namorado de Rochelle Goyle uma francesa super fofa que a muito parou de receber cartas de seu amado. Um artista da mesma especie que ela. Nessa busca os núcleos acabam se encontrando. 


Em um determinado momento a scooter ( moto) da minha querida Ghoulia Yelps acaba quebrando.. sem condições de pagar o concerto ela parte para trabalhos artísticos pela cidade contando com o dinheiro de pessoas que se agradam com suas apresentações. Outro núcleo que temos na história é o dos namorados das monstrinhas que não se aguentam de  ciumes e acabam indo pra cidade também. 

Bom gente basicamente é isso. Apesar de ser um filme para crianças eu super recomendo, não só esse como os outros delas. O desfecho é bem interessante e conta com uma história bônus no final. Eu amei a temática. A abordagem.... as personagens novas especialmente a Skelita que é muito fofa!


Espero que vocês tenham gostado. Até breve o/ 


Nenhum comentário:

Postar um comentário