domingo, 17 de julho de 2016

Resenhas Série: American Horror Story 3º temporada




Hey. Hoje vou falar da terceira temporada de American horror Story. COVEN! Antes dela eu só havia assistido a primeira - e amado. Tate e Violet estarão para sempre no meu coração. 


Eu planejava assistir todas na ordem, juro! Contudo sempre soube  que a terceira seria minha favorita, pois ela é muito ligada a moda. E realmente fiquei muito inspirado com o figurino e a fotografia da série ainda que a primeira empate no primeiro lugar amei essa temporada.

Enfim, eu estava planejando ver a segunda temporada  até que entrei nessa vibe de bruxas. Chapéus grandes e essa camisa clássica no estilo  YSL então acabei vendo esse vídeo(Clique aqui)


Eu surtei na hora. Ansiava assistir o quanto antes essa temporada. Acabei comprando o box dela. Na primeira vez em que fui fazer maratona acabei me distraindo com algo muito especial. Alguém que estava comigo. 


Então essa semana resolvi retomar, aproveitando estar de férias voltei a assistir todos os dias antes de dormir. A maratona durou três. Dias.



Pensa numa temporada foda. Não vou contar detalhes do enredo, mas vou ressaltar alguns pontos importantes.

A serie aborda temas como racismo (extremo), violência sexual. Ambição, dramas familiares, drogas, tradições (das bruxas)... Busca pela juventude eterna e outras coisas mais.


Uma das coisas que achei bem elaborado. Foi o fato de que as bruxas vão se unir contra um inimigo em comum, mesmo quando estão em literalmente com uma briga entre elas.  E olha que as brigas são bem tensas e traiçoeiras. A ambição fala mais alto. Sem contar a divisão. Entre as bruxas do clã ( Coven) e as vodoo comandadas por uma mulher que trocou a alma por vida eterna.  O tipo de magia são diferentes. Adorei conhecer um pouco mais sobre isso.


A construção dos episódios está incrível. Mesmo com tantos clichês a série te surpreende a cada instante. Variando entre cenas tão lindas e inspiradoras (visualmente) a cenas grotescas e agonizantes só de imaginar como termina.

 
A série brinca com sua cabeça te confundido para onde ela quer te levar e quem será a próxima Suprema ( Bruxa mais poderosa do clã que consegue controlar todos os dons) e esse é o motivo de tanta intriga, pois só uma pode haver uma suprema e para isso ocorrer a antiga deve morrer ( e ela não está disposta a abrir mão de tudo).  Só sei que chega um ponto em que você fica com medo de como a cena vai terminar.


Tenho tanto pra comentar que farei mais dois posts sobre a série, mas pra finalizar esse quero deixar bem claro o quanto Zoe e o Klye roubaram a cena pra mim. Eu sentia estar flutuando em cada cena dos dois e quando estavam andando de mãos dadas, ou entre uma declaração e outra. Queria tanto que houvesse mais temporadas com esses dois juntos. São tão lindos e especiais para mim por inúmeros motivos.  



A primeira cena entre eles foi tão impecável. Como se uma parte da primeira temporada ainda estivesse naqueles corações. Se bem que Kyle > Tate ( explico depois). 


E houveram outros momentos em que lembrei muito da primeira temporada. Como se fossem piadas internas. Adorei. Vou assistir novamente. Amei
Amei. Amei.




Bom, por hoje é isso mas farei mais dois posts. Se preparem!


Bjos e até breve o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário