Pular para o conteúdo principal

Resenha Série: Screen Queens




Fim de semana passado eu finalmente tomei vergonha e assisti Scream Queens. E como eram apenas 6 episódios lançados assisti bem rapidinho.  Eu achei uma mistura perfeita de Pacto Secreto com Todo mundo em Panico.



A história gira em torno de um inicio ano letivo na faculdade e como sempre existem as fraternidades. Uma delas é a Kappa Kappa Tau onde só existem garotas ricas e perfeitas. Até agora! Cansada das  atitudes de Chanel ( Emma Roberts) a reitora decretou que a partir dali a KKT deverá aceitar qualquer garota que quiser entrar. Ai já viu né? Uma lunática. Uma fanática por velas e até mesmo um mega fã da Taylor Swift Surda....




Em uma tentativa de assustar as calouras Chanel resolve fingir uma briga com sua empregada e mergulha a cabeça dela na fritadeira. Era para o óleo estar frio, mas alguém ligou a fritadeira e a empregada realmente morreu. As garotas escondem o corpo e juram segredo, mas depois o corpo some e alguém trajando a fantasia do mascote da faculdade ( demônio vermelho) começa a atacar as integrantes da KKT ou qualquer um que tenha ligação com elas. Então o jogo começa.


É com muito humor que as mortes ocorrem, mesmo tendo toda aquela atmosfera assustadora. Você não pode esperar coisas lógicas. Esteja de  mente aberta pronto para rir de qualquer situação. 




As garotas tentam esconder os corpos e eles continuam desaparecendo se não bastasse existe a guerra particular das garotas. Uma querendo derrubar a outra. Todas querendo o lugar da Chanel. Alias... as veteranas da KKT são projetos de Chanel sendo assim são denominadas: Chanel nº 2, 3, 4 e 5. São excentricamente fúteis e mesmo comendo algodão no lanche para não engordar cada uma possui uma possui uma história  intrigante.





SPOILER: Acredito que minha morte favorita até agora é a morte da Chanel nº 2. Morri de rir com ela se arrastando no chão para pedir ajuda no Twitter. Levar uma facada na cabeça antes de postar, mas com um ultimo suspiro repentino clicar enter. 




Outra coisa que me fez rir muito foi o Chanelloween. onde claro a Chanel... manda presentes macabros e insultos para garotas ´´ normais´´ que surtam com o ´´carinho´´ por serem muito fãs dela. 




Bom, eu particularmente gostei muito da série. Das personagens. Chanel já entrou para minha lista de protegidas. Pretendo continuar assistindo,pois quero saber quem está fazendo isso, porém é o tipo de série que deixarei acumular e depois assistir tudo de uma vez, pra entrar no clima e curtir bastante. Recomendo para quem gosta de sátiras com filmes de terror  e que não fique de mimimi com as piadas de mau gosto ou coisas sem nexo. Espero que não enrolem para não ficar desgastante com o tempo. O outros personagens da Série são bem divertidos também com exceção de um ou outro que me dá nos nervos ahhahaha.



Preciso comentar que o figurino das Channels é impecável. Principalmente a Chanel nº 1. Um verdadeiro Ícone.


É isso. Espero que tenham gostado. Se você assistiu ou quer assistir me conte nos comentários. Ainda hoje postarei um desenho da minha protegida. Feliz Halloween. 


Bjos e até Breve o/ 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Série Reign 1º e 2º temporada

Hey. Hoje trago mais uma resenha de série que eliminei da lista. Trata-se de Reign. A série já possui  duas temporadas lançadas e corre o riso de ser cancelada na terceira. Antes de começar a falar sobre gostaria de mandar uma agradecimento formal à Camila Freitas que me indicou o seriado, Obrigado Camila!




Bom. Para você que assim como dormiu nas aulas de história. Se eu disser que trata-se da história francesa pode ser que tu dê um passo pra trás, mas vamos com calma. A série é maravilhosa. completamente envolvente e contém tudo: Fantasia. História, romance; drama.; comédia; segredos e armações além de intrigas. 

Antes de começar a assistir eu havia visto um vídeo no qual dizia que Reign era nada mais que uma mistura de Gossip Girl, Game of Thrones e Pretty Little liars - dá pra imaginar a minha reação diante disso né?

A trama gira em torno de Mary herdeira do trono escocês que estava escondida em um convento. Após uma tentativa de assassinato eles decidem que está na hora dela ir p…

Professor e Aluna.

O relacionamento entre aluna e professor é um tema que muito me agrada, principalmente quando se trata de uma história de amor, atualmente basta se falar em professor que já me vem Ezra Fitz na cabeça, e eterno Mr. Fitz, par amoroso da Aria Montgomery na série Pretty Little Liars ( divide o 1º lugar com Game of Thrones na minha lista de séries preferidas).

     O que eu mais gosto são as situações que surgem, com todo aquele ar de proibido, em PLL uma das cenas mais divertidas para mim, foi a Aria convidando o Ezra  pra sair durante a aula. Ele ficou todo tenso, enquanto ela  se divertia, com a desculpa de que estava mostrando uma atividade no caderno, o que na verdade era um ingresso colado, e em cima estava escrito ´´ Amanhã a noite? ´´. Ela também abre a jaqueta e deixa amostra uma gravata com um bilhete dizendo ´´ vista me´´. Pensou em tudo! Foi muito bem elaborada a cena, a trilha sonora deixou ainda mais divertido.  Deixo o link para quem quiser ver a cena inteira: (https://…

Resenha filme: O Dormitório

Ontem 01/11 eu assisti esse filme. Confesso que foi um filme que não cheira nem fede, mas talvez você pense diferente.



Vivian é uma garota que sofre de depressão por não gostar de si mesma principalmente do seu peso. Acaba de chegar à faculdade na metade do ano letivo e por isso não possui colega de quarto. Aos poucos ela descobre acontecimentos que ocorreram ali com a antiga hospede Violet.



Logo no inicio faz amizade com Sarah, uma garota descolada e popular que apresenta mais dois amigos e uma vida social. Com ajuda de um chá ´´natural´´ e roupas novas a vida de Vivian começa a mudar.



Vivian também conhece um rapaz muito charmoso que é monitor de uma aula de história. Ela logo fica caidinha por ele e é correspondida. Até descobrir que ele pode estar envolvido ao passado de Violet.



Vozes ficam atormentado a garota. Sussurrando xingamentos ou frases ameaçadoras encorajando-a mudar. Marcas aparecem em seu corpo. Símbolos que ela já havia visto em um caderno de anotações e que estão re…