domingo, 29 de março de 2015

Resenha livro Graham- O Continente Lemúria.

        


Hey. Hoje trago mais uma resenha atrasada. Graham- O continente Lemúria. Do autor Vinícius Fernandes, porém o livro é assinado pelo pseudônimo  A. Wood. 


      Encontrei o livro através de pesquisas- estou sempre atrás de novidades. Gostei do fato de ser brasileiro com essa temática sobrenatural. Estou tão acostumado com a literatura estrangeira que nos últimos dias venho me surpreendendo com a variedade de opções nacionais que me correspondem perfeitamente. Principalmente de escritores que estão começando agora - vontade de abraçar todos. 

      Essa maravilha ainda vinha autografada pelo autor. Não resisti, mas chega de enrolar vamos para o que importa:

     O livro traz a história de Peter Graham um jovem caçador de vampiros com uma forte repulsa pelas criaturas da noite. É narrado alternando entre passado e presente.

     Já começa de forma dinâmica e logo no fim do primeiro capitulo percebe-se que vai ser um daqueles cheios de surpresas. Os capítulos não são longos e sempre tem algo que te faz querer ler o próximo sem parar.
      .


                 No passado temos um Peter diferente do atual. Um jovem com problemas normais. Está na faculdade com sua amiga. Lida com sua orientação sexual. Começa um relacionamento com Jordan (super fofo).
 Enquanto lia essas partes do livro esquecia completamente de que se tratava de uma temática sobrenatural, por trazer aspectos tão reais.

    No decorrer do livro temos uma série de acontecimentos que o leva a se transformar no que é hoje. Um jovem cheio de magoas envolvido apenas no mundo sobrenatural. Completamente focado em destruir os monstros da noite.

    O livro é cheio de altos e baixos e muitas teorias que eu construí foram jogadas fora a cada página, pois muitos pontos importantes vão sendo revelados durante a narrativa o que faz a história tomar um rumo diferente cada vez mais complexo.

     Outras criaturas são acrescentadas como os lobisomens, e temos muito sangue derramado. O livro foi uma montanha russa emocional para mim. Confesso que o final me quebrou. Não que tenha ficado ruim, mas que me fez refletir muito se o escritor tinha coração ou não. Achei bem equilibrada a questão do romance ainda que tendo não é ponto principal. Pretendo ler novamente, principalmente as partes do passado que foram as minhas favoritas.

Super recomendo esse livro. Deixarei aqui em baixo o link da pág. dele no Facebook para quem se interessar:


   



Nenhum comentário:

Postar um comentário