Pular para o conteúdo principal

Resenha: The Dreamers




    Primeiramente gostaria de agradecer a pessoa por trás dessas grandes indicções. Obrigado, amo tudo que você me pede para assistir. 
      The Dreamers é um filme de Bernado Bertolucci. Um drama. A história se passa na França em meio a vários protestos anti-fascistas como plano secundário.  No foco temos o jovem Matthew, um estudante americano que é apaixonado pelo cinema, ele acaba por conhecer Isabelle uma jovem francesa e seu irmão gêmeo Theo.                                                                      No dia seguinte, Matthew é convidado para um jantar na residencia dos gêmeos. Lá ele descobre uma paixão em comum. Cinema. O Theo pede que ele se mude para casa deles, pois os pais estão saindo de viagem e eles gostaram muito de Matthew, mesmo sendo repentino ele aceita. Tudo flui a partir dai. Os três embarcam em um romance movido pela arte. Eles possuem joguinhos de refazer cenas de  clássicos do cinema e perguntar a qual filme pertence, quem não adivinhar paga uma prenda. 
    A personalidades de cada personagem é bem visível, Isa é completamente apaixonante e receptiva. Theo é um pouco mais duro no começo. Matthew é bem educado e fica um pouco assustado com as situações que encontra, mas logo cede a essa paixão.
   Um filme muito divertido, ainda assim não ´´perfeitinho´´, o diretor criou situações que se destacam na imperfeição tornando tudo tão especial, como uma refeição que dá errada. Eu gostei muito desse filme, em momentos eu queria dar pause para que não terminasse, por falar nisso no desfecho meu estomago dava voltas e voltas para saber como acabaria e se acabaria daquela forma. O final é bem imprevisível. 

    Como disse é um drama e isso fica pairando no ar a cada momento, mas temos muitas cenas engraçadas e apaixonantes. O amor que um irmão sente pelo outro. Isa se vê apaixonada pelos dois. O filme é muito apaixonante e no seu decorrer acompanhamos a convivência do triangulo amoroso. A trilha sonora é completamente adequada a cada situação. Temos vislumbre de grandes cenas de clássicos, citações poéticas O filme ainda conta com uma pitada de erotismo com cenas explicitas. Por isso esse filme é feito para aqueles que veem além das simples cenas, para aqueles que mantem a mente aberta para tudo. Algumas situações ficam subentendidas, e você pode aceitar a mensagem ou não. Apesar de ter adorado o filme não deixarei recomendando, portanto ficará a critério de quem ler a resenha e gostar, eu realmente amei e vou assistir no fim de semana novamente. Quero ver se deixei passar algo, e dessa vez assistir com calma e não criando teorias com o que pode acontecer. 
ps: O filme é baseado na obra de Gilbert Adair  The Holy Innocents.



                                                                              



      





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Série Reign 1º e 2º temporada

Hey. Hoje trago mais uma resenha de série que eliminei da lista. Trata-se de Reign. A série já possui  duas temporadas lançadas e corre o riso de ser cancelada na terceira. Antes de começar a falar sobre gostaria de mandar uma agradecimento formal à Camila Freitas que me indicou o seriado, Obrigado Camila!




Bom. Para você que assim como dormiu nas aulas de história. Se eu disser que trata-se da história francesa pode ser que tu dê um passo pra trás, mas vamos com calma. A série é maravilhosa. completamente envolvente e contém tudo: Fantasia. História, romance; drama.; comédia; segredos e armações além de intrigas. 

Antes de começar a assistir eu havia visto um vídeo no qual dizia que Reign era nada mais que uma mistura de Gossip Girl, Game of Thrones e Pretty Little liars - dá pra imaginar a minha reação diante disso né?

A trama gira em torno de Mary herdeira do trono escocês que estava escondida em um convento. Após uma tentativa de assassinato eles decidem que está na hora dela ir p…

Professor e Aluna.

O relacionamento entre aluna e professor é um tema que muito me agrada, principalmente quando se trata de uma história de amor, atualmente basta se falar em professor que já me vem Ezra Fitz na cabeça, e eterno Mr. Fitz, par amoroso da Aria Montgomery na série Pretty Little Liars ( divide o 1º lugar com Game of Thrones na minha lista de séries preferidas).

     O que eu mais gosto são as situações que surgem, com todo aquele ar de proibido, em PLL uma das cenas mais divertidas para mim, foi a Aria convidando o Ezra  pra sair durante a aula. Ele ficou todo tenso, enquanto ela  se divertia, com a desculpa de que estava mostrando uma atividade no caderno, o que na verdade era um ingresso colado, e em cima estava escrito ´´ Amanhã a noite? ´´. Ela também abre a jaqueta e deixa amostra uma gravata com um bilhete dizendo ´´ vista me´´. Pensou em tudo! Foi muito bem elaborada a cena, a trilha sonora deixou ainda mais divertido.  Deixo o link para quem quiser ver a cena inteira: (https://…

Resenha filme: O Dormitório

Ontem 01/11 eu assisti esse filme. Confesso que foi um filme que não cheira nem fede, mas talvez você pense diferente.



Vivian é uma garota que sofre de depressão por não gostar de si mesma principalmente do seu peso. Acaba de chegar à faculdade na metade do ano letivo e por isso não possui colega de quarto. Aos poucos ela descobre acontecimentos que ocorreram ali com a antiga hospede Violet.



Logo no inicio faz amizade com Sarah, uma garota descolada e popular que apresenta mais dois amigos e uma vida social. Com ajuda de um chá ´´natural´´ e roupas novas a vida de Vivian começa a mudar.



Vivian também conhece um rapaz muito charmoso que é monitor de uma aula de história. Ela logo fica caidinha por ele e é correspondida. Até descobrir que ele pode estar envolvido ao passado de Violet.



Vozes ficam atormentado a garota. Sussurrando xingamentos ou frases ameaçadoras encorajando-a mudar. Marcas aparecem em seu corpo. Símbolos que ela já havia visto em um caderno de anotações e que estão re…